João Adolfo Guerreiro

Descobrindo a verdade/ sem medo de viver/ A liberdade de escolha/ é a fé que faz crescer.

Textos


Mantenham os cuidados,
pois a pandemia não acabou

Estamos vendo que na Europa o recrudescimento da pandemia está varrendo os países (1). O Velho Continente, que está entrando no inverno do Hemisfério Norte e que viveu um relaxamento das medidas de isolamento social em vários países com a diminuição da prevalência do vírus no verão, experimenta agora uma lição da história: a segunda onda vem forte, assim como foi em 1918, durante a Gripe Espanhola. E, bem sabemos, a Europa somos nós daqui uns meses. Ou menos.

Fora a sazonalidade própria das doenças respiratórias em cada país, uma causa determinante para o espalhamento do vírus e o consequente aumento da prevalência do mesmo em cada sociedade é a ação humana, ou seja, o modo como as pessoas se comportam socialmente durante a pandemia. Não é sem razão que, enquanto ainda não existe vacina ou tratamento eficazes contra a Covid-19, são somente as medidas de isolamento social que garantem a segurança da saúde e da vida das pessoas. Logo, o comportamento de cada um é fundamental nessa hora.

O Brasil, nesse momento, com a vigência da primavera e a proximidade do verão, vive um período de queda do contágio. No pico, algumas estimativas epidemiológicas (1) indicam que, por aqui, tivemos prevalência de 26% da população em São Paulo e incríveis e lamentáveis 66% em Manaus. O Rio Grande do Sul passou por seu período crítico, no inverno, com uma prevalência viral menor, em muito devido, com certeza, a adesão da população ao Modelo de Distanciamento Social do seu governo estadual. A atitude de cada um em ficar em casa, em sair apenas em caso de extrema necessidade, em fazer compras via online e por tele entrega, em usar máscara, em lavar as mãos com álcool 70% ou água e sabão, em manter o distanciamento social nas ruas e em ser rigoroso no protocolos de higiene ao sair de casa e ao retornar com roupas, objetos pessoais, compras e até mesmo com animais de estimação, foi um diferencial em favor da vida e da saúde das pessoas, principalmente daquelas dos grupos de risco - idosos e portadores de doenças crônicas e autoimunes.

Entretanto, não podemos cair no erro europeu de achar que tudo está ficando bem e relaxar nessas medidas, para evitar colher agora o resultado que eles estão colhendo por lá, devido à circulação desenfrada de pessoas, sem os devidos cuidados. Um agravante de nosso caso é que justo por aqui possuímos uma desigualdade social bem maior do que em outros países, e esse fator é um determinante que favorece o espalhamento do vírus, como recentemente demonstrou um estudo feito pela Universidade de Stanford (2), nos Estados Unidos, país com uma distribuição de renda bem melhor que a nossa. O mesmo estudo indica os locais com maior probabilidade de contágio, como restaurantes, academias, cafés, bares, hotéis, motéis e centros religiosos, dentre outros. O doutor em microbiologia Átila Iamarino já havia tratado sobre isso em suas lives no You Tube, apresentando tanto tabela sobre esses locais de maior risco de contágio (3) quanto sobre o grau de risco (4) determinado pelo tempo que e forma como permanecemos neles - essa última reproduzo novamente aqui no Portal, na imagem que ilustra esse texto.

Era isso. O vírus ainda circula entre nós, vitimando as pessoas que amamos. Não vamos relaxar e facilitar para o nosso inimigo. Fiquem todos com Deus e cuidem-se.


Referências:
(1) - "Segunda onda de Covid-19 na Europa: devemos nos preocupar?" Veja Saúde, 9.11.2020: https://saude.abril.com.br/medicina/segunda-onda-de-covid-19-na-europa-devemos-nos-preocupar/
(2) - "Restaurantes e academias são os lugares com maior chance de transmissão da Covid". g1, 11.11.2020: https://g1.globo.com/bemestar/coronavirus/noticia/2020/11/11/restaurantes-e-academias-sao-os-lugares-com-maior-chance-de-transmissao-da-covid-dizem-cientistas-de-standford.ghtml?fbclid=IwAR3XcMay17UJ6aIlmks6I3d5LTQCJLJ4AT8qmTAwjqjeayB0TETUW2BwJnM
(3) - "Iamarino: para diminuir risco de contágio por Covid-19". souzaguerreiro.com, 9.10.2020: https://www.souzaguerreiro.com/visualizar.php?idt=7083540
(4) - "Tabela: risco de transmissão, por Átila Iamarino". Portal de Notícias, 24.09.2020: https://www.portaldenoticias.com.br/ler-coluna/1222/joao-adolfo-guerreiro-tabela-risco-de-transmissao-por-atila-iamarino.html
João Adolfo Guerreiro
Enviado por João Adolfo Guerreiro em 12/11/2020
Alterado em 12/11/2020


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras