João Adolfo Guerreiro

Descobrindo a verdade/ sem medo de viver/ A liberdade de escolha/ é a fé que faz crescer.

Textos


Uma crônica qualquer

Eu adoro as sextas-feiras e os sábados. As sextas-feiras, no modo como a gente organiza nossa vida e o nosso trabalho, é a promessa de liberdade; o sábado é a liberdade; o domingo, o dia da ressaca, do descanso e de se preparar para a segunda-feira. Sim, claro, esse é um privilégio para quem não trabalha no sábado. Poucas vezes em minha vida, nos empregos que tive, trabalhei no sábado.

Hoje é uma sexta-feira qualquer da primavera de 2020, assim como ontem foi quinta-feira - embora tenha sido o Dia da Professora, não uma quinta qualquer. São 52 sextas-feiras esse ano. As da primavera e as do verão - as que teremos daqui por diante - são as que mais prometem, pois os findis tem maior expectativa de tempo bom nessas estações, assim como esse que teremos, com sol, a partir de amanhã. Mesmo esse ventinho de ontem e de hoje não comprometerá a beleza primaveril de nosso fim de semana ensolado que, nesse sexta-feira, é promessa.

Então essa é uma crônica qualquer numa sexta-feira qualquer de promessa de liberdade, onde os gatos miaram, os cachorros latiram, onde as pessoas passaram caminhando pela rua com máscara no rosto, o homem do mercado entregou as compras, o veterinário apareceu para conversar sobre a pandemia, e a colega de serviço falou da vida enquanto eu aproveito o belo fim de tarde visto do pátio de minha casa para escrever esse texto. Um dia qualquer, mas que não é qualquer, pois todo dia é, na real, um dia qualquer que, para ser usufruido, tu tens de estar vivo, com saúde, numa boa. Então todo dia é um dia, na verdade, especial, onde se pode existir e se pode viver.

Isso não é pouca coisa, isso é tudo. É muito bom poder escrever uma crônica qualquer, numa sexta-feira qualquer, com ar nos pulmões, com a promessa de liberdade já se concretizando. Eu já devo ter escrito algo parecido aqui no Portal, não é mesmo? Sem problema. A gente respira a cada segundo e isso é tão vital e é tão bom, é vida e prazer e a gente repete e repete e repete e repete e repete...

Um bom final de sexta-feira para todos e um grande final de semana. Qualquer dia é um dia especial, a gente estando legal, numa boa. Fiquem todos com Deus, em paz, saúde e amor.
João Adolfo Guerreiro
Enviado por João Adolfo Guerreiro em 16/10/2020
Alterado em 16/10/2020


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras