João Adolfo Guerreiro

Descobrindo a verdade/ sem medo de viver/ A liberdade de escolha/ é a fé que faz crescer.

Textos


Óbitos por Covid-19 aceleram
na Região Carbonífera

Nos últimos sete dias, entre 14 e 20 de agosto, a Região Carbonífera registrou oito óbitos por Covid-19, ou seja, mais do que uma morte diária. No dia 13, quinta-feira, atingiu o patamar de 50 óbitos notificados; ontem, dia 20, quinta-feira, chegou a 58.

A cidade de São Jerônimo registrou a metade das mortes, 4: três na quarta-feira, 19, e uma ontem. Charqueadas teve uma vítima fatal na segunda-feira, 17, e outra ontem. Os demais óbitos ocorreram em Triunfo, no sábado, 15, e em Butiá, ontem. Assim, podemos observar que sete pessoas faleceram em quatro dias, de 17 a 20 de agosto, seis delas em duas cidades.

Devemos evitar a todo custo que isso se torne uma tendência na Região Carbonífera, especialmente em São Jerônimo e Charqueadas, pois a primeira vem apresentando crescimento no espalhamento do vírus, enquanto a segunda permanece como a cidade com o maior índice de contágio da região. O que esses números nos mostram é que o contágio está crescendo e o coronavírus está chegando até as pessoas dos grupos de risco - as principais vítimas fatais da pandemia -, ocasionando essas mortes por Covid-19. Simples e trágico assim.

O isolamento social (ficar em casa), o distanciamento social (guardar distância mínima de dois metros de outras pessoas quando em locais públicos), o uso obrigatório de máscara e a observância rigorosa dos protocolos de higiene ao sair e voltar para casa (lavar as mãos, tomar banho e higienizar roupas, calçados, objetos pessoais, compras e patas dos animais de estimação que forem levados para a rua) são fundamentais para conter o avanço do espalhamento do vírus em nossas cidades. Essa é uma ação social possível e eficaz, que impede a superlotação dos hospitais e a contaminação das pessoas, salvando suas vidas.

O compromisso é de todos, que cada um faça a sua parte. Não podemos deixar a pandemia tomar conta da região e matar nossos familiares e amigos. Fiquem em casa, fiquem com Deus.



Texto publicado no site do jornal Portal de Notícias.
João Adolfo Guerreiro
Enviado por João Adolfo Guerreiro em 21/08/2020
Alterado em 21/08/2020


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras