João Adolfo Guerreiro

Descobrindo a verdade/ sem medo de viver/ A liberdade de escolha/ é a fé que faz crescer.

Meu Diário
04/06/2020 10h42
Vinho Aurora e massa com carne moída

Ontem fiz a janta. A minha especialidade: massa parafuso (integral) com carne moída. E tomamos esse vinho, da Aurora, safra 2015, de quando fomos a Bento Gonçalves, uns dois anos atrás. Excelente. Embebedou-me, mas acordei hoje levinho.

Ontem pela manhã fiz um exame. Não precisei sair de casa, a mulher do laboratário Clinitest veio aqui e coletou meu sangue. "Fique em casa", sigo à risca, só sairei para o estritamente necessário. Por mim e pelos outros, não ajudando a espalhar o vírus.

Ontem também aprendi sozinho a usar a câmera do notebook e a fazer live no Face e no Messenger. Inaugurei hoje pela manhã no Messenger com o Guto Martin e a Clarice Silva.

Ontem escrevi uma crônica para o Portal usando a foto do bolo de aniversário da Aline (imagem abaixo). Ela me inspirou a crônica. O níver dela foi dia 31 de maio, só ela e a mãe, a Lúcia, em casa.

Na terça a Joana esteve aqui em casa, chegou ao meio dia e ficou até às 18h. Ficamos na frente da casa, respeitando o distanciamento social, sentados em cadeiras de praia, conversando. Foi ótimo.

Vida que segue, agradecendo a Deus por cada amanhecer e anoitecer, espetáculos da criação divina. Um privilégio estar aqui, vivo, com saúde, assistindo-os.

Fiquem em casa, fiquem com Deus.


Publicado por João Adolfo Guerreiro em 04/06/2020 às 10h42
 
29/05/2020 23h33
70 dias de isolamento social hoje

Desde 21 de março em isolamento, eu e minha esposa. Hoje um amigo disse, conversando pelo messenger, que fica deprê isolado em casa. A mim, fortalece. Minha casa é minha fortaleza, meu casamento é minha estrutura. A biblioteca é meu recanto. O site de literatura é onde me conecto com amigos virtuais de outros estados e no Face com os daqui. Obrigado, meu Deus.

Joana e Jessé estiveram aqui em casa hoje, conversamos na frente, com distanciamento social, sentados em cadeiras de praia. Chegaram às 16:30, foram embora às 19h.  Foi bom ver minha filha - ele está bem - e conversar com o meu genro.

Dos 70 dias em isolamento, 66 são de quarentena. Meti o pé para fora de casa dia 24, para ir no serviço levar um atestado. 


Publicado por João Adolfo Guerreiro em 29/05/2020 às 23h33
 
29/05/2020 22h09
Oração do anoitecer

Meu Deus, muito obrigado por eu estar mais uma vez aqui, em paz e com saúde, assistindo mais uma vez o espetáculo da tua criação, o poente.

Muito obrigado por poder compartilhar o amor que nos une em minha casa, Pai.

Senhor, protegei a todas aquelas pessoas que mais precisam nesse momento, que são os idosos, os doentes e os pobres. Que as pessoas que tem a autoridade para decidir as medidas de combate a essa pandemia o façam levando em conta a preservação da vida dessas pessoas, meu Deus. Iluminai o coração e a mente deles para que procedam assim, meu Deus.

Pai nosso que estás no céu, santificado seja o Vosso nome, venha a nós o Vosso reini, seja feita a Vossa vontade assim na terra como no céu.

O pãp nosso de cada dia nos dai hoje, perdoai as nossas ofensas assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido, e não nos deixei cair em tentação, mas livrai-nos do mal, amém.

 


Publicado por João Adolfo Guerreiro em 29/05/2020 às 22h09
 
28/05/2020 08h45
Oração do amanhecer

Meu Deus, muito obrigado por essa boa noite de sono e de sonhos, revigorante de nosso corpo físico e de nossa alma.

Obrigado Senhor por amanhecermos mais uma vez usufruindo de mais um espetáculo de tua maravilhosa criação. Obrigado por acordarmos em paz - com a tua paz -, com saúde e compartilhando o amor que nos une.

Senhor, protegei aqueles que são mais vulneráveis a esse mal que assola nossos irmãos em todo o planeta, que são os idosos, os doentes e as pessoas pobres. Iluminai Senhor o coração e as mentes de todas as pessoas, autoridades e governantes, que detém o poder de determinadar as medidas de contenção necessárias para conter esse terrível mal, para que elas decidam tais medidas em favor desses que mais precisam de Tua proteção, meu Pai.

Pai nosso que estáis no céu, santificado seja o Vosso nome, venha a nós o Vosso reino, seja feita a Vossa vontade assim na terra como nos céus. O pão nosso de cada dia nos dai hoje, perdoai as nossas ofensas assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido, e não nos deixei cair em tentação, mas livrai-nos do mal, amém.


Publicado por João Adolfo Guerreiro em 28/05/2020 às 08h45
 
26/05/2020 19h08
Juliano Domingues já é mestre em educação profissional

Às 18h41min meu telefone tocou. Era o Juliano Domingues avisando que eu era a primeira pessoa que recebia uma ligação dele logo que acabara que defender sua dissertação de mestrado no IFSul Charqueadas. Ele me avisou segunda, pelo Messenger, mas eu não acessei o Facebook ontem. Estava, hoje, escrevendo um texto para o Portal de Notícias, quando recebi sua ligação.

Ajudei-o em discussões sobre um tema acessório de seu trabalho, Marx e a educação, pois sua dissertação versava sobre a "educação omnilateral" e a Educação Física. Mandou-me uma parte do vídeo de sua apresentação, onde ele me agradece pela contribuição.

Poxa, eu é que agradeço, Juliano, por ter me oportunizado participar de algo assim. Estou exultante. Nesse momento pelo qual passamos, uma ligação como a tua é um raio de sol num inverno nublado.

Valeu, MESTRE!


Publicado por João Adolfo Guerreiro em 26/05/2020 às 19h08



Página 3 de 124 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 » [«anterior] [próxima»]

Site do Escritor criado por Recanto das Letras