João Adolfo Guerreiro

Descobrindo a verdade/ sem medo de viver/ A liberdade de escolha/ é a fé que faz crescer.

Áudios

Amor Canalha
Data: 29/02/2008
Créditos:
Letra e Música - João Guerreiro
Voz, baixo e violão - João Guerreiro

Gravação e edição - Alberto André Pereira
Charqueadas - 2003

(Não reparem nas desafinadas da voz, qualquer hora eu regravo ela.)


Amor Canalha*
(Áudio no Recanto)

Sempre que eu disser:
- Te amo!
Estarei
Mentindo
Mas parecerá
Sincero
Aos seus
Ouvidos

Você ficará se iludindo
Pois é só do seu corpo que eu
Preciso
E depois
Que tiver conseguido
Parto pra outra
E não quero mais saber de você

Sempre que eu disser
Palavras
De amor
No seu ouvido
Eu só estarei
Tentando
Despertar
A sua libido

Você ficará se iludindo...





* - Essa música não é autobiográfica, é uma crítica comportamental. Digo isso para evitar ser mal compreendido.
Enviado por João Adolfo Guerreiro em 28/02/2008




Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras