Textos


Gauchão, o mais difícil: Brasil levanta a taça do centenário!

Na primeira fase foi só de planchaço, pra botar pra correr os que têm menos sangue nos olhos. Mas agora é mata-mata e é de fio: quem vive continua, quem morre fica pelas coxilhas. Assim é o Gauchão, o campeonato mais difícil do mundo.

Buenas, tchê, de cara foram rebaixados os dois times de nome mais estranhos à nossa querência amada: São Paulo e Cruzeiro. Parecem aqueles timecos dos certames paulista e mineiro, não é mesmo? Pois então, caíram pra série B guasca. Devem trocar urgentemente de nome. Sugiro São Pedro e Minuano.

Novo Hamburgo e Juventude não morreram, mas também não mataram. Vão ter de esperar 2019 pra mostrar que tem água pro chimarrão. Os alemães foram campeões ano passado, mas exageraram no chopp esse ano; já os gringos, foi no vinho. E que se cuidem: o time está uma baba para a série B nacional.

Agora vem a elite da elite, os tauras dos tauras, os galos dos galos: em primeiro lugar, o verdadeiro Brasil, o de Pelotas. Sagrou-se campeão do primeiro turno e levou a Taça 100 anos da Federação Gaúcha de Futebol. Nada mais justo: o campeão do primeiro Gauchão, em 1919, vence no centenário da FGF. Os deuses do futebol não jogam, mas apitam. Em segundo, o Caxias; em terceiro, Inter; em quarto, São José; em quinto, o Veranópolis; em sexto, o Grêmio; em sétimo, o Avenida; e em oitavo, passando a régua e fechando a conta, o São Luiz.

Pra ser sincero, não vi o Grenal, mas sim Juventude 0x0 Veranópolis, visto que o resultado poderia definir a classificação do meu Grêmio. Que barbaridade, jogo mais ruim do que churrasco cru e mal salgado. Ainda bem que não foi preciso, pois o Mosqueteiro carimbou a faixa de 400 jogos do argentino chato colorado com duas pontadas no Saci Perneta lá na casa deles. Fizemos o serviço no primeiro tempo (o Inter estava no horário de verão ainda, como disse o brigadiano Vieira) e no segundo ficamos brincando com a vítima, que se debateu em vão até o final, acabando por morrer na beira do rio. Agora tem mais dois Grenais na próxima fase, o primeiro na Arena. Pobre saci. Os demais jogos serão: Brasil x São Luiz, Caxias x Avenida, São José x Veranópolis.
 
Espero uma final entre Grêmio x Brasil. Os melhores times gaúchos da atualidade, sem dúvida. Seria uma final digna do Gauchão dos 100 anos da FGF. Emboras lá pra ver.



Texto publicado no site do jornal Portal de Notícias em 12.03.2018: http://www.portaldenoticias.com.br/ler-coluna/506/gauchao-o-mais-dificil-brasil-levanta-a-taca-do-centenario.html
João Adolfo Guerreiro
Enviado por João Adolfo Guerreiro em 13/03/2018
Alterado em 13/03/2018
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (você deve citar a autoria de João Adolfo Guerreiro). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários


Imagem de cabeçalho: inoc/flickr