Textos


Os vitrais de Navegantes

O fato de estarmos acostumados com as coisas faz com que esqueçamos o quão belas elas são. Os vitrais da Igreja Matriz de Charqueadas, Nossa Senhora dos Navegantes (foto acima), por exemplo. São 15 vitrais, sendo que seis deles, os maiores, localizados nas paredes laterais, destacam-se no interior pêssego com teto branco do prédio de 72 anos.


Mais próximos ao altar, estão os de Nossa Senhora dos Navegantes, à direita, e o de Santa Bárbara (padroeira dos mineiros), à esquerda. Na mesma parede que Nossa Senhora, estão também São José (padroeiro dos operários) e Santa Cecília (padroeira dos músicos – foto acima); no outro lado, Santa Terezinha (padroeira das missões) e São João Batista (padroeiro dos injustiçados). Outros dois vitrais, menores e circulares, na frente da Igreja Matriz, também chamam a atenção, representando a Virgem Maria (profecia da espada da dor) e Jesus Cristo crucificado, respectivamente.

Por ocasião da novena de Nossa Senhora dos Navegantes, fui à missa de quinta-feira passada, ao final da tarde, realizada no lado de fora da igreja. Quando a noite caiu, uma luz interna iluminou o belo vitral de Santa Cecília, enquanto os outros permaneciam escuros. No domingo, como choveu, a missa foi na parte interna e, sob o sol do entardecer, foi possível apreciar a plenitude da beleza dessas obras de arte sacras.

E também deu para perceber que, dos seis vitrais, quatro apresentam algum tipo de dano provocado por vandalismo: os três da esquerda e o de Nossa Senhora. A parede externa da igreja também foi alvo dos vândalos. Todavia, nada disso macula a paz e o encanto que o local emana e propicia.
 
As missas da novena ocorrem até dia 2 de fevereiro, sempre às 20 horas (com exceção do dia 2, quando será às 09h30min). Dá para chegar um pouquinho antes e conferir calmamente a beleza dos vitrais permeados pela luz. Divinos.

Crônica publicada nosite do jornal Portal de Notícias em 30.01.2018http://www.portaldenoticias.com.br/ler-coluna/448/os-vitrais-da-navegantes.html

 
João Adolfo Guerreiro
Enviado por João Adolfo Guerreiro em 03/02/2018
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (você deve citar a autoria de João Adolfo Guerreiro). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários


Imagem de cabeçalho: inoc/flickr