João Adolfo Guerreiro
Descobrindo a verdade/ sem medo de viver/ A liberdade de escolha/ é a fé que faz crescer.
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário TextosTextos ÁudiosÁudios FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos


Jerusalém
Sexta-feira, 9 de abril,, 27 d.C.. (*)
05 horas

Todo o Sinédrio entra em conselho contra Jesus.
Levam-no à presença de Pôncio Pilatos.

Judas vai ao Templo, arrependido por ter traído Jesus.
- Pequei, trindo o sangue inocente. 
Joga as trinta moedas de prata no Santuário.
Após, enforca-se,

Conentário: Judas era uma personagem necesária para que a tarefa de Jesus se cumprisse? Ouço pessoas afirmarem isso, mas não concordo com essa interpretação.
Entendo que a pregação de Jesus o levaria, de qualquer forma, a um fim brutal, pois, como ele não era do mundo, o mundo se voltou contra ele, e justamente o religioso (?). Como Jesus mesmo predisse aos apóstolos, o ódio sem motivo e o assassinato em nome de Deus aconteceriam em breve e se perpetuariam.
No caso de Judas, ele se ligou às coisas do mundo e assim foi utilizado como instrumento do mundo contra Jesus, do mesmo jeito que outro poderia ter sido. Ao perceber eu erro, arrependeu-se profundamente. A interpretação correta, creio, é a de que devemos ficar vigilantes para não cometermos ações de tamanha gravidade a incidirem sobre a vida dos outros que nem nós mesmos vamos nos perdoar ou suportar a culpa.




05h30min

Jesus é entregue a Pôncio Pilatos, sob a principal acusação de declarar-se rei dos judeus.
- O meu Reino não é deste mundo.
Pilatos o interroga, mas não exerga crime algum em Jesus e, como ele é galileu, envia-o para Herodes, que se encontrava em Jerusalém.


(*) - Datação conforme:
PAGLIARIN, Juanribe. Jesus - A vida completa. 36ª ed.São Paulo: Bless Press. 2016
João Adolfo Guerreiro
Enviado por João Adolfo Guerreiro em 14/04/2017
Alterado em 18/04/2017
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (você deve citar a autoria de João Adolfo Guerreiro). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários