João Adolfo Guerreiro
Descobrindo a verdade/ sem medo de viver/ A liberdade de escolha/ é a fé que faz crescer.
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário TextosTextos ÁudiosÁudios FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Meu Diário
06/10/2017 15h12
SEMINÁRIO SOBRE REFORMAS TRABALHISTA E PREVIDENCIÁRIA

Muito boa a palestra da manhã sobre reforma trabalhista durante o I Seminário Interestadual sobre as reformas Trabalhista e Previdenciária, em Butiá. Ouvindo o palestrante José Reginaldo Inácio (foto), da CNTI, apenas confirmamos o quadro inóspito que virá a partir do dia 14 de novembro por sobre os trabalhadores assalariados. A CLT de Temer invertou a lógica da CLT de Getúlio, que protegia os trabalhadores, pois, agora, beneficia demais o capital, ao alterar mais de cem artigos da legislação.

Os trabalhadores pagarão a conta da crise econômica gerada por políticos corruptos e grandes empresários corruptores e sonegadores, ou seja, as vítimas pagarão pelos culpados que, ainda por cima, foram beneficiados pelas alteraçõs na legislação trabalhista. Incrível, mas foi oque aconteceu.

O seminário, realizado no Parque de Exposições Assis Almeida, é realizado pelo Siindicato dos Mineiros e pelo Sindicato dos Trabalhadores na Extração da Madeira, com apoio da AMAPRC, COBAP e CNTI.

PS - Palestrante da COBAP (Confederação dos Aposentados do Brasil), disse, pela manhã, que o senador Paulo Paim estaria de saída do PT para ingressar no PPL, onde seria candiato á presidência.


Publicado por João Adolfo Guerreiro em 06/10/2017 às 15h12
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (você deve citar a autoria de João Adolfo Guerreiro). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
 
04/10/2017 10h48
Delma Costa se aposenta

Dia 26 de setembro foi a Delma Costa (com o vaso de flores) que encerrou atividades e vai para uma nova fase de sua vida. Muito legal, adorei ter trabalhado com ela,. Abração, Delma.


Publicado por João Adolfo Guerreiro em 04/10/2017 às 10h48
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (você deve citar a autoria de João Adolfo Guerreiro). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
 
03/10/2017 11h50
Cibele se aposenta

Ontem, Cibele (ao centro) cumpriu seu último plantão, depois de décadas na ativa. Hoje, às 08h30min, saiu do serviço para casa. Despedida emocionante junto a seus colegas do dia a dia. Grande Cibele, tudo de bom pra ti nessa nova etapa de sua vida.


Publicado por João Adolfo Guerreiro em 03/10/2017 às 11h50
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (você deve citar a autoria de João Adolfo Guerreiro). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
 
02/10/2017 21h39
Agnaldo Timóteo em Porto Alegre

Aganaldo Tomóteo, aos 81 anos, mostrou que ainda tem uma grande voz, ontem, em Porto Alegre, no teatro do Shopping Bourbon Country. Foi muito bom vê-lo interpretar canções suas e de Cauby Peixoto, acompanhado de quatro músicos: piano, baixo, bateria e sax/faluta. Eu e minha esposa fomos levar minha sogra (não é a da foto), grande fã de Agnaldo, a assistir pela primeira vez um show do grande intérprete. Valeu muito a pena.


Publicado por João Adolfo Guerreiro em 02/10/2017 às 21h39
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (você deve citar a autoria de João Adolfo Guerreiro). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
 
02/10/2017 20h44
15 anos

Hoje, exatamente, 15 anos. E 15 anos pareceu ser tanto tempo.

Para se ter uma ideia, entrei aqui uns meses antes de Lula assumir a Preidência da República. E tanta coisa já aconteceu no Brasil de lá pra cá, não é mesmo?

Por aqui, sem fatos graves, somente percalços comuns e, mesmo os incomuns, sem maiores consequências. Convivio intenso com muita gente ao logo desses anos, alguns ficaram, a maioria já saiu. Lembro de quase todos eles e elas. Olho os livros velhos e vejo o nome deles lá, as situações diferentes pelas quais passamos juntos, às vezes.

Hoje, inclusive, tive a satisfação de me despedir de mais uma que inicia nova fase em sua vida. E, também, de me encontrar com dois outros que, inclusive, nasceram na mesma vila e pelas mãos da mesma parteira que eu, vila e parteira onde nasceram e cresceram muitas pessoas desse meio profissional. Ah, nem dos bichinhos que aqui tivemos conosco eu esqueço!

Lembro das mudanças que cada um trouxe para aqui, lembro das atitudes que tomaram, o jeito que interagiram. Lembro de episodios pitorescos, de episódios tensos e até, de episódios constrangedores. A gente lembra, a gente não esquece.

Fico contente de ser o único a estar aqui o tempo todo, o único a ter permanecido sempre, dia após dia. Sinto orgulho disso, sempre. Na minha familia, temos a noção de que o cara que é bom fica muito onde está, apresenta constãncia e permanência, eis que o que faz, faz bem feito, comprometendo-se e compromissando-se, relacionando-se bem e respeitosamente com os outros. Meus pais me legaram esse tipo de valor e, no que faço, venho de um história que começou com meus avós maternos e, também, de forma indireta, com meu avô paterno e meu pai. De fato, nasci e cresci nesse meio, entre pessoas que dessa lida tiram seu sustento.

Fiz uma grande amizade aqui e, grandes amizades, são poucas na vida. É tão bom tê-las, são bençãos de Deus em nosso caminho.

Quinze anos, hoje. E continuarei, até quando aqui for para mim ficar. Não pensei em vir pra cá e ficar tanto tempo, entretanto aconteceu, e eu gostei que tenha sido assim. Um dia, sairei, todos saem. Mas eu estou aqui há 15 anos, o único a ficar tanto tempo por aqui. Satisfeito e orgulhoso disso. Guardo em mim a memória das coisas que aqui ocorreram, por ter estado aqui durarnte esse tempo.

Não são, minhas palavras, como as "Palavras de Pórtico" de Fernando Pessoa, mas são as minhas palavras, de coração e mente. 

Só tenho a agradecer. Obrigado, Deus.

 


Publicado por João Adolfo Guerreiro em 02/10/2017 às 20h44
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (você deve citar a autoria de João Adolfo Guerreiro). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.



Página 4 de 105 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 » [«anterior] [próxima»]