João Adolfo Guerreiro
Descobrindo a verdade/ sem medo de viver/ A liberdade de escolha/ é a fé que faz crescer.
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário TextosTextos ÁudiosÁudios FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Meu Diário
06/05/2017 12h38
Seriados americanos

Tenho relaxado assistindo Bones, ultimamente. O bom desses seriados é que você pode comprar ou alugar os DVD's da série ou mesmo olhar na Netflix. Outra coisa: ao contrário das novelas, onde você tem de assistir os capítulos para encadear a história, nos seriados gringos cada episódio é uma trama específica, uma história com início, meio e fim. E eu adoro isso e, por tal, não gosto de novelas.

Na ordem, já assisti, integralmente, Criminal Minds, Supernatural, Once Upon A Time e Vikings. E todas são séries meio violentas, mas eu relaxo assistindo-as, devido a uma dose de humor nelas contido, acho. Com excessão de Once, que é leve e meio ao estilo novela, mas como peguei todas as temporadas de uma vez, fui adiante. Ah, Vikings também é meio estilo novela.

Comecei com Criminal e Supernatural ao vê-las na TV. Há anos não assitia a nada na TV (fora o Top Top da MTV), mas como tenho deitado mais cedo já a alguns anos, acordo na madruga e, ao passar pelos canais, paro para ver se algo me agrada, Criminal e Supernatural interessaram-me. Acho que Bones também foi o caso. Não gostava dos CSI, muita tecnologia, Bones me pareceu mais cientificamente palatável. Pura subjetividade minha, confesso. Bones é antropóloga, é da minha formação, por isso o interesse. Criminal também, tem muito de ciências humanas nas investigações, na elaboração e uso dos perfis dos criminosos seriais.

Um outro lance é que esses seriados se passam numa realidade que não é a da gente, assim interagimos pouco com elas e acabamos relaxados. Claro que percebo os componentes ideológicos presentes em cada seriado, entretanto tais são exteriores à realidade histórico-social em que vivo. Daí fica instrutivo e divertido, não provoca posicionamentos ante a obra.

Outras séries famosas, além dessas, não me interessaram a ponto de assitir.


Publicado por João Adolfo Guerreiro em 06/05/2017 às 12h38
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (você deve citar a autoria de João Adolfo Guerreiro). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
 
01/05/2017 20h29
DIA DO TRABALHADOR

1º de Maio, dia de lembrar que nossos direitos foram conquistados e serão mantidos por meio da luta coletiva. Um grande abraço aos trabalhadores e trabalhadoras do Brasil e do mundo.


Publicado por João Adolfo Guerreiro em 01/05/2017 às 20h29
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (você deve citar a autoria de João Adolfo Guerreiro). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
 
30/04/2017 18h46
NOVO HAMBURGO TEM VANTAGEM, MAS FINAL ESTÁ EM ABERTO

Porque digo que o Novo Hamburgo larga em vantagem? A foto escolhida explica: o Inter vai para a final só com o seu segundo goleiro, estando ele sem condições plenas de jogo. Pelo que vimos na partida de hoje, com o NH segurando o Inter, sempre em vantagem no placar, ante um Beira Rio lotado, isso será uma grande desvantagem, principalmente se a final for para os pênaltis. Assim, mesmo sem favoritos ao título, as chances do "Noia" ser campeão pela primeira vez são reais, não mais uma zebra.


Publicado por João Adolfo Guerreiro em 30/04/2017 às 18h46
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (você deve citar a autoria de João Adolfo Guerreiro). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
 
30/04/2017 15h34
Finais dos campeonatos estaduais

Foto: Juninho (Novo Hamburgo) e D'Alessandro (Inter): final gaúcha.

A base do futebol brasileiro são os campeonatos estaduais. Neles está sua pujança, embora o $ esteja no Brasileirão. Destacaria as finais no RS, SP e RJ, que começam daqui alguns minutos, todas sem favoritos ao titulo:

Inter x Novo Hamburgo. - O "anilado" vem tentar o primeiro título gaúcho de sua história, contra o "colorado" tentando o hepta. O jogo de hoije, no Beira Rio, terá estadio lotado. O NH chega à final com méritos indiscutíveis: melhor campanha do campeonato, invicto há quatro jogos contra a dupla Grenal, com uma vitória sobre o Inter em pleno Beira Rio e três empates contra o Grêmio, tendo eliminado o último nas semifinais. Grande peleia.

Corinthians x Ponte Preta - Depois de 40 anos, a grande final se repete: em 1977, o Corinthians levou a melhor em três jogos, quebrando o jejum de 23 anos. A Ponte busca novamente seu primeiro título. Histórico!

Nos dois jogos acima, com certeza Novo Hamburgo e Ponte Preta terão, com certeza, a simpatia da maior parte dos torcedores de futebol de seus estados: serão os pequenos tentando fazer história contra os grandes, além da rivalidade entre os grandes levar a inevitável secação de Inter e Corinthians pelas torcidas rivais.

Flamengo x Fluminense - Depois de 22 anos, uma FlaFlu decide novamente o Campeonato Carioca. Sempre um grande clássico nacional, centenário.

Adoro estaduais, vou estar bem ligado nesses três jogos. Fui!

 


Publicado por João Adolfo Guerreiro em 30/04/2017 às 15h34
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (você deve citar a autoria de João Adolfo Guerreiro). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
 
30/04/2017 15h11
Luciano Belgrado no Muralha SJ

Uma grande noite na sexta, dia 28, no Restaurante e Pizzaria Muralha São Jerônimo, curtindo o show de início da turnê do cantor e compositor Luciano Belgrado na Região Carbonífera.

Luciano, além de seu tradicional repertório pop rock internacional, brindou os presentes com canções prórpias. Tudo o que ouvi de seu material autoral gostei, letras e músicas. Principalmente Canção do Mar, uma canção antiga dele, muito boa. Um grande talento.

Canção do Marhttp://www.souzaguerreiro.com/audio.php?cod=5961


Publicado por João Adolfo Guerreiro em 30/04/2017 às 15h11
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (você deve citar a autoria de João Adolfo Guerreiro). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.



Página 4 de 98 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 » [«anterior] [próxima»]