João Adolfo Guerreiro

Descobrindo a verdade/ sem medo de viver/ A liberdade de escolha/ é a fé que faz crescer.

Áudios

Vegetais da TV
Data: 26/05/2007
Créditos:
Letra e música - João Guerreiro
Voz, violões e contrabaixo - João Guerreiro
TV e WC - Alberto André
Gravação e Edição - Alberto André Pereira
Gravada em 2003
Charqueadas - RS
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (você deve citar a autoria de João Adolfo Guerreiro). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Essa música é de 1989, portanto tem uma letra ainda juvenil, com muitos lugares comuns, como a expressão que lhe dá título. Mas entendo que a letra permanece atual, além de expressar um ponto de vista que mantenho. Mais informações no texto "365 dias de Recanto".

Vegetais da TV
(com áudio)

Nove horas da manhã
Eu a liguei
Precisava de uma dose
Não exitei
Em ligar a TV


Tudo vindo mastigado
Eu não preciso pensar
Fico somente assistindo
E meu raciocínio
Aos poucos se diluindo

Pessoas que vêem TV demais
Acabam por virar vegetais

Tudo vindo mastigado
Eu não preciso pensar
Fico somente assistindo
E meu raciocínio
Aos poucos se diluindo

Sempre que eu me entupo
Com as guloseimas da TV
Eu me sinto um bobo
Padronizado, fabricado
Um estorvo

Pessoas que vêem TV demais
Acabam por virar vegetais


----- * -----
Acessem também:
http://www.recantodasletras.com.br/frases/511527 
Gentil homenagem de Ene Mathias.
Enviado por João Adolfo Guerreiro em 26/05/2007

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (você deve citar a autoria de João Adolfo Guerreiro). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.



Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras